sábado, 16 de junho de 2007

Sem título.

"Não tô muito afim de novidade. Fila em banco de bar.
Considere toda hostilidade que há da porta pra lá!"

Deixa o Verão - Rodrigo Amarante.


Acordei às 08:00, com um gosto de "ontem" na boca!
Cabeça pesada, olhar pregado e uma leve irritação contra portas abertas (de guarda-roupas e quarto) e luz do dia.
Pensei em levantar, ir até a cozinha (nunca pareceu tão longe!) e tomar um copo de Coca Cola.
Pensei também, no quanto os fabricantes, facilitariam a matança da minha sede de Coca, retirando o gás! Nunca, nunca gostei do fato de qualquer refrigerante, ser gaseificado! Não gosto de sentir as bolhinhas arranhando a garganta... Sensação estranha!

Virei prá um lado da cama, virei pro outro, senti a solidão já vivida à alguns meses...

Aos poucos, o caminho dos copos e risadas até a cama, voltava.
Aos poucos, o papo sobre o-futuro-musical-brasileiro, som-fudido-do-Cinematic-Orchestra e cavaquinho-bem-tocado do Marcelo Campello, vinha!
E aos poucos (também), o gosto de ontem pedindo Coca Cola, a luz e a rua que teimavam em me tirar da cama, não me deixava ser mais nostálgica e pareciam gritar:
- Vai, minha filha! Não é de ressaca que se vive a vida!

"E eu digo, cá entre nós. Deixe o verão prá mais tarde..."

4 comentários:

Roberto Leonan disse...

Foi feita pra sonhar
Libertina de seus medos
Toque do desabar
Deixei escapar pra nunca mais...

Eixo e sintonia fora do tom e da batida
Vem me garantir que eu errei
Letra e harmonia sem compasso e poesia
Deixa o som correr

Faz a noite não ter que acabar!

Roberto Leonan disse...

Foi feita pra sonhar
Libertina de seus medos
Toque do desabar
Deixei escapar pra nunca mais...

Eixo e sintonia fora do tom e da batida
Vem me garantir que eu errei
Letra e harmonia sem compasso e poesia
Deixa o som correr

Faz a noite não ter que acabar!

Menina do Reggae® disse...

é!

gosto de ontem!

o problema é quando é amargo.
mas é bom quando é doce, ou até salgado.

tem gosto pra tudo!

tomou a coca-cola?

=)

Ricardo Siqueira disse...

vem cá te conheço?
Porque tu acabou de descrever 50% dos meus sabados e uns 99% dos meus domingos rs.

Sobretudo á nostalgia preguiçosa...