quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Rima.

Querido é teu canto
no caminho que faço.
Do sorriso aberto, fica a troca,
fica a imagem do jasmim e grama.

Rimo contigo pelo olhar.
Leve, sem pensar em ser.

Leva meu cheiro na pele,
voa, canta e desperta meu olhar pro céu.

3 comentários:

Delon disse...

= ] leveza... e disso gosto!

eueueueueu disse...

Tú é muito linda !!

Coisa rica da vovó !

:***

velho galego disse...

pois olhe pro céu que o sorriso já aprtiu.
quem sabe você não pode ver ele se olhar no firmamento?
pegeu milha luneta feita com um sistema ótico megistral e estear. garanto que é de arrombar a retina.
=)