terça-feira, 18 de maio de 2010

Como é que diz?

nos encantamos.

você numa estrada
eu, noutra.
nossa estrada cruzou.
foi bonito, arrepia só de lembrar teu beijo.

as vezes a vida, essas coisas todas,
são bem simples (como beijo que arrepia).
mas eu quis mais,
quis mais e não soubemos nos explicar.

eu o quanto quero
e você o quanto basta.

7 comentários:

Vital disse...

Te leio sempre,
com ternura.
Seu simples "escreve-vida"
é a mais bonita simplicidade.

céu e saudade disse...

me sinto tão sensível às tuas escritas, e o que me acontece é que me transborda. posso sentir o cheirinho de cada palavra e você é tanto-tanto que, quando estou aqui, quase nem me alcanço.

Ian Lehmann disse...

(como beijo que arrepia)

Janayna disse...

fiaaaahhhh vc arrasou!!!!!

Gustavo disse...

Ler seus "cantos" faz bem para a alma de qualquer pessoa... é inspirador!

AMe disse...

canta que é no canto que eu vou chegar...

.prazer em conhecer.

paulo_puo disse...

cadênscia não falta aos laços!