sábado, 31 de agosto de 2013

eu vou.

Sem isso ou aquilo.
Mistura.
Deixa tudo assim, misturado.
Nada é tão certo, nada baby!
E é aí que mora toda delícia,
é aí que mora.
Eu gosto tanto do jeito como fala comigo
e quando recita Gullar no meu ouvido.
Eu gosto quando quase sinto seu cheiro
e quando quero ser de mais ninguém.
Quando penso em você,
e quando sinto cada gota-beijo do chuveiro no corpo.
Gosto dessa coisa de querer tua pele na minha
coisa de alma, de mão, de louca.

eu não quero ir.
vou ficar aqui. dentro. misturada.
eu não vou e você sabe
eu vou.

Um comentário:

Adelbert Enriquez disse...


You have a nice blog! I love it, I am very entertained and I learned a lot! I will follow all your posts everyday! You are a genius indeed and all of your words are meaningful, I will promote your blog to my friends and I am very sure they will also like your blog!

Hot Artz
Move Igniter