segunda-feira, 28 de maio de 2007

Mara

Menina que carrega o mar nos olhos.
Na cor, no nome e no mistério.
Carrega também uma bolsa divertida e sonhos que transparecem na pele clara.

Menina que é tantas.
Dos cabelos loiros e soltos, sem marca nenhuma da "maturidade".
Dos cabelos vermelhos, rosa, dourado, preto e ponto.

Menina que as vezes parece perdida.
Que sorri sem pudor, que olha pro alto e vê estrelas cadentes.
Menina que enCANTA.

Mulher que espera o amor mesmo cansada.
Mesmo com a franja bagunçada pela última vivência!
Menina que precisa ser amada, que precisa sentir o gosto da boca!

Menina da arte, do papo bom, das risadas e criatividade desmedida.
Amiga que me empresta o ombro, conselhos e jeans.
Amiga que tenho desde quando quebrei o dente pela primeira vez.
Amiga de bafos, desabafos, choro, buteco.

Mar que se enfeita com faixa de bolinhas e bochechas rosadas.
Mar que deixa os olhos brilharem num papo.
Mar leve, esperançoso!

Ela não precisa pedir prá que se escreva um poema, ela o é.

2 comentários:

Carlos disse...

bom dia menina Larissa
gostei da Mara porque amo o mar, a poesia, a nostalgia, a música e aquela vontade de amar e ser amado.
um beijo.

maretzzz disse...

[b] Mara. . .

Sou eu!
rs*
nossa, lara!!! amei!!! mto!!!
nem eo enxergava td isso em mim!!!! lindu!!!

vlw nega!

amO-te!
:p