sábado, 9 de junho de 2007

vENTRE

Ouvindo: "Prato de Flores" - Nação Zumbi


Sente o corpo.
O vermelho, o céu, a boca, o borrado.
O corpo sente.
Sente o movimento, o centro, os nós.
O corpo/cama, o corpo que INstala, intala, esquenta.
Ca está.
Sem rimas, sem outro, sem parte de "nós".
Um dia vENTRE.
Vazio, sangrando.

5 comentários:

Roberto Leonan disse...

agora busca, e corre pra segurar a alma de mulher...

quando fica complicado pra qualquer outro entender! O que é simples...

Está na face principal do corpo vivo!

Gustavo. disse...

Gostei do nome no Classificados!

beijos.!

Ricardo Siqueira disse...

Tipo....uau!


Se superou nessa!

Jonh Paul de la Mancha disse...

Hum... mui belo!
Deu vontade de fazer sexo!
:o

Tô brincando... bela vista! Belo ventre.
Ah, não escrevo o tanto quanto você, então aproveite, entre lá no "subsenso" que tem coisa nova!
:)

CJ disse...

que bom que gostou! dei uma repaginada no blog, agora acho que ficou melhor, e mudei o endereço também, agora é o mesmo nome do título: essenciageometrica.blogspot.com

ficarei feliz com suas visistas.
e também linkei o seu!

bjs