terça-feira, 3 de julho de 2007

"malas prontas"

(com CJ)

Partindo
Como quem sente um pedaço cair.
Parte indo...
Acordei com vontade
de me sentir ao lado
do que ficou de mim
embaixo do edredon
entre a cama e o sonho.
Beijo e sopro
Alma e lençol.

Entre tantos "teus" e "meus"
Plurais no pulo
Na cama/pele.
E sonho.
Um só.

3 comentários:

sofia disse...

Um sonho só já é capaz de tanto!
Que saudades, Lara!!!
Adorei seus escritos,
muitos beijos

Roberto Leonan disse...

"Sonho que se faz da mocidade
Então é quando lembro da minha rua
Quadrada, imperfeita.

Se for pra partir que vá!!!



Mas vá pra um lugar mais perto de mim!!"

Roberto Leonan disse...

"Se tiver que abandar este pedacinho de chão onde aprendeu andar, procure um chão maior e aprenda a correr."