domingo, 5 de agosto de 2007

Domingo que dá.

Domingo de sal, cerveja e sopro no corpo.
Domingo sem teu som é domingo demais.
Domingo de nota.
Domingo que dá DÓ!

5 comentários:

Don Rodrigone disse...

dormindo um segundo... e domingo já é segunda... merda!

Anônimo disse...

Ferrrnanndaa Young!!!Saudacoes!!!

Roberto Leonan disse...

O domingo é sempre o dia de alguém. Nesse último, dia 12, foi o meu. Eu já estava esquecendo quantas primaveras vi passar...
Mas lá estavam eles pra me fazer lembrar, batendo com as mãos, com cantigas sem muito significado para mim...

Mas quem sabe eu consiga esquecer de novo, mas daqui a um ano, lá vem eles, me lembrar, e cantar tudo de novo.

Cristiano disse...

domingosegundaterçaquartaquintasextasábado

manhãtardenoite

de dó sem Sol na janela.

Lucas disse...

animal!